terça-feira, 21 de setembro de 2010

PALMEIRAS – TROPICALIDADE DOS JARDINS

As palmeiras são a essência de um jardim tropical. Mais do que isso, geralmente remetem a uma lembrança de férias, lazer, praias e um saudável relaxamento. Obviamente, são plantas que vão muito além disso. Existem palmeiras de climas temperados, temperados quentes e subtropicais. Palmeiras de sol pleno e até de meia-sombra. Muitas espécies podem ser cultivadas em vasos dentro de casa ou na varanda, outras são perfeitas para formas aléias, alamedas ou pequenos bosques. Às vezes, uma única palmeira, isolada em um canto no jardim, pode se tornar um ponto de atração no paisagismo.
O visual é só um dos atrativos das palmeiras. Algumas fornecem um alimento exótico e muito apreciado no mundo todo: o palmito. Várias outras espécies produzem frutos de alto valor nutritivo, importantíssimos na culinária de várias culturas. Suas folhas e fibras podem ser facilmente tramadas e viram os mais diferentes objetos artesanais, transformando-se ainda em um meio de vida de muitas comunidades carentes.
Certas palmeiras são tão nobres que chegam a custar verdadeiras fortunas. Mas todas, mesmo as mais comuns,  primam pela beleza, que, se apreciada de uma rede e na companhia de uma água de côco, revela o melhor dos mundos num jardim tropical.
Sempre elegantes, as palmeiras dão um toque tropical a qualquer jardim.
Trecho do Livro “Enciclopédia Ilustrada 2200 Plantas e Flores – Volume 1 – Árvores Coníferas e Palmeiras” – Autoria de Valério Romahn – São Paulo: Editora Europa, 2007

Areca Trianda (Areca trianda)












Pupunha (Bactris gasipaes)
















Palmeira Azul (Bismarckia nobilis)



















 
Butiá (Butia eriospatha)










Palmeira Rabo-de-peixe (Caryota mitis)




















Palmeira-bambu (Chamaedora elegans)














Palmeira-de-leque-da-europa (Chamaerops humilis)














Talipot (Corypha umbraculifera)















Palmeira-triângulo (Dypsis decary)
Areca-bambu (Dypsis lutescens)

Areca-de-locuba (Dypsis madagascariensis)


Palmeira-garrafa (Hyophorbe lagenicaulis)

Licuala (Licuala grandis)

Palmeira-tamareira (Phoenis canariensis)

Tamareira-de-jardim (Phoenis Roebelenii)

Palmeira-Leque-de-Fiji (Pritchardia pacifica)


Palmeira Ráfis (Raphis excelsa)

Palmeira Imperial (Roystonea oleracea)

Palmeto (Sabal palmetto)

Jerivá (Syagrus romanzoffiana)

Whashingtônia-de-saia (Washingtonia filifera)

Nenhum comentário:

Postar um comentário